Descubra os segredos do churrasco gourmet: muito mais que churrasco

Churrasco gourmet

Muita gente pensa que o título “gourmet” nada mais é do que uma “frescura” moderna para encarecer os pratos. 

Não é o que acontece com a carne. 

O preparo do churrasco gourmet exige cuidado especial desde a escolha da carne, o corte, o tempero, o preparo até a hora de servir. O resultado é facilmente percebido no paladar e agrada até os mais exigentes.

Que o churrasco é uma paixão nacional, todo mundo sabe. 

O que poucos sabiam até então é que ele pode ficar ainda melhor quando gourmetizado.

Mas o que isso significa, afinal? 

Continue a leitura e descubra isso e muito mais.

O que é um churrasco gourmet?

Por definição, gourmet refere-se a seleção e uso de produtos de qualidade superior à média no preparo dos pratos. 

Isso vale para carnes, temperos, acompanhamentos, entre outros. 

Ao contrário do que se pensava, este tipo de preocupação não é exclusividade dos grandes chef’s e restaurantes, mas de todos aqueles que apreciam uma boa comida. 

Por isso, a denominação gourmet pode ser facilmente atrelada também a essa unanimidade nacional que é o churrasco. 

Obviamente a protagonista do churrasco gourmet é a carne. 

Sem a escolha de um bom corte, todo o resto pode ir por água abaixo.

Portanto, é fundamental optar por peças de origem e qualidade garantida. 

Nessa busca o preço não deve ser pré-requisito para a  escolha, afinal, as carnes do tipo premium tendem a ter um valor maior, pois demandam mais recursos para serem produzidas.

Quando o assunto é alimentação, mesmo em tempos de crise o paladar se sofisticou e a busca por carnes de elevado nível de qualidade cresceu significativamente nos últimos anos. 

A nova demanda refletiu no surgimento de diversas boutiques de carne, churrascarias de alto padrão e criadouros certificados e responsáveis.

Existem aproximadamente 50 tipos de cortes finos de carne bovina, sem falar nos suínos e nas carnes exóticas, como javali, avestruz, faisão, entre outros. 

A criação e a raça do boi também interferem na qualidade, sendo a Angus e a Wagyus umas das mais requisitadas.

Com tantas opções no mercado às vezes fica difícil saber como escolher a melhor carne e o melhor corte para apreciar um delicioso churrasco gourmet. 

Por isso separamos algumas dicas que você pode seguir na hora de escolher as melhores peças para o seu churrasco. 

Como selecionar os melhores cortes?

Cortes de carne

Se a carne é o principal requisito para um bom churrasco gourmet, então é preciso selecioná-la com cuidado. 

As carnes de primeira linha tiram o churrasco do comum e o levam para um outro patamar em sabor e suculência.

Talvez você tenha pensando:

“Bom, então é só comprar carnes de primeira.”

Errado, e esse é um dos grandes segredos deste tipo de prato. 

Com a popularização e a busca por cortes de padrão elevado, muitas carnes que antes eram consideradas de segunda ganharam notoriedade. Ou seja, a classificação não importa, mas sim o sabor, a qualidade e a procedência da peça.

Dentre os cortes mais populares e fáceis de encontrar, podemos citar:

  • Maminha
  • Picanha
  • Prime Rib
  • T-bone
  • Bife de Chorizo
  • Short Rib
  • Bife Ancho
  • Porterhouse

Neste vídeo é possível ver mais sobre os cortes, preparo e ainda aprender uma boa receita de molho argentino para acompanhar o seu churrasco.

Comprar alguma dessas carnes é garantia de um bom churrasco gourmet? 

Ainda não. 

Existem outros fatores tão importantes quanto a escolha do corte, como o marmoreio, o preparo, o ponto da carne e outros. Contudo, a tarefa não é difícil e os especialistas garantem que qualquer um pode fazer em casa.

O que é marmoreio?

Qualquer um que pesquisar sobre bons cortes de carne ouvirá falar sobre marmoreio. 

Mas, o que é isso? 

Marmoreio nada mais é do que a gordura visível da carne, acumulada entre as fibras e dentro do músculo. 

As raças Angus e Wagyus tem aproximadamente 10% dessa gordura, o que explica sua procura. A genética e criação do animal é determinante para o nível do marmoreio, que tem resultado surpreendente em termos de sabor, maciez e suculência.

A explicação para isso está na proporção. Quanto maior o percentual de gordura, menor o número de fibras por pedaço, o que torna mais fácil o corte e saboreio do alimento. Ademais, estudos mostram que a presença de gordura garante um sabor “amanteigado” à carne, além de se dissolver na saliva e aguçarem as papilas gustativas.

Como preparar o churrasco gourmet?

Tendo escolhido a carne ideal, é chegada a hora de colocá-la na brasa. 

Mas se você ainda não cumpriu essa etapa lembre-se que a escolha do estabelecimento para a comprar da carne é fundamental para ter a certeza de uma carne de qualidade e de boa procedência.

Feito isso, é hora de temperar a carne. 

Assim como é feito na maioria das casas brasileiras, o churrasco gourmet também pode ser preparado apenas com sal grosso. Isso garante o sabor genuíno da carne sem alterações. 

O ideal é salgar a carne na hora de levá-la para a grelha. 

Para aqueles que querem um sabor diferenciado, é possível adicionar ervas finas, molhos ou até temperos prontos na peça selecionada.

Certifique-se de que a churrasqueira está quente o suficiente antes de colocar a carne sobre a grelha. Isso é importante para não errar no ponto

Aliás, o ponto da carne é muito pessoal e pode variar de pessoa para pessoa. 

No entanto, vale a pena mencionar que o ponto “mal passado” conserva maior suculência e sabor ao pedaço. 

Para este ponto, o recomendado é de 4 a 5 minutos de cada lado aos bifes finos. Evite furar a carne, bem como ficar virando de um lado para o outro.

Por fim, o segredo dos grandes chefs: deixe a carne descansar. 

Alguns minutinhos já são suficientes para deixar o líquido da carne se restabelecer entre as fibras e deixá-la ainda mais úmida.

Dicas de acompanhamentos

Todo bom churrasco merece um acompanhamento à altura. 

Existem vários que podem ser utilizados junto ao churrasco gourmet. Mais uma vez, a escolha dos ingredientes e os detalhes do preparo farão toda a diferença no resultado final.

Além do clássico vinagrete e do pão de alho, você pode ousar um pouco mais e prepará-los diretamente na grelha.

Uma boa dica é apostar nas mini cebolas. Basta descascá-las, lavá-las, regar com azeite, ervas e sal à gosto, embrulhar em papel alumínio e levar para a brasa. 

O resultado são cebolas caramelizadas e com sabor especial. 

O mesmo pode ser feito com batatas ou vegetais a sua escolha.

Os molhos também fazem sucesso à mesa e são uma ótima pedida para acompanhar as carnes. Uma dica simples é misturar um pouco de mostarda, mel e ervas finas, para um resultado agridoce surpreendente.

Na hora de escolher as bebidas, o bolso e o gosto são os melhores guias. 

Da cerveja clássica às artesanais, refrigerantes, destilados, whiskys e vinhos, todos podem ser uma boa opção. 

Se a última alternativa for a sua escolha, é importante pensar na harmonização. Em geral, vinhos tintos e secos são mais indicados para acompanhar as carnes, enquanto os vinhos brancos harmonizam melhor com peixes e saladas.

Seguindo essas dicas você está pronto para degustar um excelente churrasco gourmet confraternizando com os amigos e a família.